Mercado Financeiro Ajusta Expectativas para o Dólar e Economia Brasileira em 2024

Projeções do Boletim Focus Indicam Queda na Cotação do Dólar e Estabilidade na Inflação

O mais recente Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (22), revela um ajuste nas projeções do mercado financeiro para a economia brasileira em 2024, incluindo uma perspectiva de um dólar mais fraco. A pesquisa semanal, que coleta as expectativas dos analistas sobre diversos indicadores econômicos, sugere uma redução na projeção da moeda norte-americana, que agora está prevista a R$ 4,92 no final deste ano, comparado aos R$ 4,95 estimados anteriormente.

Para o próximo ano, a expectativa para o dólar permanece estável em R$ 5. Em contraste, a sessão de fechamento na última sexta-feira (19) registrou o dólar cotado a R$ 4,9273, indicando uma leve queda de 0,1%, apesar de um aumento acumulado de 1,45% na semana.

Além da cotação do dólar, o Boletim Focus ajustou as previsões para a inflação e o crescimento econômico. A expectativa para a alta do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2024 é agora de 3,86%, ligeiramente abaixo dos 3,87% da semana anterior. Para 2025, a projeção se mantém em 3,50%, e segue o mesmo padrão para 2026 e 2027.

Essas expectativas estão alinhadas com a meta oficial de inflação, fixada em 3% para 2024, 2025 e 2026, com uma margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos. Em relação aos preços administrados, o Focus registrou uma diminuição na estimativa para este ano, passando de 4,29% para 4,16%.

Quanto ao Produto Interno Bruto (PIB), a projeção para o crescimento econômico deste ano teve um leve aumento de 0,01 ponto percentual, atingindo 1,6%, enquanto a estimativa para 2025 permanece em 2%.

No cenário de taxas de juros, o Boletim Focus não apresentou mudanças significativas, com a taxa Selic prevista a 9% no final de 2024 e 8,50% em 2025. A expectativa para a próxima reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central, agendada para 30 e 31 de janeiro, é de um corte de 0,5 ponto percentual na taxa básica, que atualmente está em 11,75%.

Este panorama delineado pelo Boletim Focus reflete uma visão otimista do mercado quanto à estabilidade econômica do Brasil, com ajustes nas expectativas de inflação, crescimento do PIB e taxa de câmbio, sinalizando uma trajetória positiva para a economia nacional.

Everton Yahu

Sou Jornalista e Redator, especialista em Contabilidade, Finanças, Tecnologia, Tributação e Serviços. Escrevo para o ZSSHARES, matérias e notícias para informar o público com informações precisas e verídicas. Atualmente sou fundador da Guia Para Internet e formando em Sistemas Para Internet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

error: O conteúdo está protegido.