Novo limite de estrangeiros para o futebol Brasileiro é aprovado pela CBF: veja o que muda!

A CBF aprova novo limite de estrangeiros para o futebol brasileiro, agora mais jogadores de fora podem fazer parte do esporte no Brasil.

A princípio, as regras anteriores da CBF não permitiam mais do que cinco atletas estrangeiros por clube.

No entanto, com as mudanças aplicadas recentemente, os clubes poderão contar com um número maior de cinco.

Acompanhe agora tudo sobre o novo limite de estrangeiros para o futebol Brasileiro.

CBF muda limite de estrangeiros para o futebol Brasileiro

A CBF publicou uma nota na última terça-feira (14) falando sobre o novo limite de estrangeiros para o futebol Brasileiro.

Anteriormente, cada clube podia possuir apenas cinco jogadores estrangeiros em sua equipe.

Porém, após uma intensa reunião com os membros da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), uma nova regra mudou a lei anterior.

Basicamente, agora os clubes podem ter mais de cinco jogadores de outra nacionalidade em sua equipe.

Qual o novo limite de estrangeiros para o futebol Brasileiro?

Como dito anteriormente, o limite passado era de cinco atletas estrangeiros para cada clube.

Todavia, essa regra está revogada, a partir do dia 14/02/23 a CBF autorizou a contratação de até sete atletas de outra nacionalidade para cada clube.

Ou seja, agora cada time pode ter sete jogadores estrangeiros, ao contrário da lei anterior que limitava apenas cinco atletas por clube.

Em resumo, o novo limite de estrangeiros para o futebol brasileiro abre as portas para outros jogadores brilharem por aqui.

Quantos estrangeiros podem ser titulares

A princípio não há um padrão que estabeleça quantos estrangeiros contratados podem ser titulares.

Basicamente, os clubes agora podem contratar até sete jogadores estrangeiros, todos eles podem ser titulares.

Ou seja, se o time A contratar 7 jogadores estrangeiros e optar em escalá-los como titular isso é permitido.

A única coisa que não pode acontecer é o time ter mais de 7 jogadores estrangeiros contratados, seja em campo ou como reserva.

De acordo com a nova regra da CBF, apenas 7 jogadores de outra nacionalidade podem ser contratados por cada clube.

CBF pune racismo

Por natureza o racismo é crime.

A princípio, a lei 14.532 pune os criminosos que cometem o crime de racismo com uma pena que pode variar de 1 a 3 anos de prisão.

Do mesmo modo, a CBF também criou seu próprio sistema de punição aos clubes que praticarem o crime.

Basicamente, a torcida que praticar racismo será punida com perda de pontos.

Por exemplo:

Se o Flamengo disputar contra o Vasco, e os torcedores do Flamengo praticarem racismo contra algum jogador do Vasco, o rubro-negro perderia pontos.

Ou seja, a nova regra da CBF sobre racismo pune os clubes pelo mal comportamento da torcida.

Apesar de parecer injusto, o presidente da CBF Ednaldo Rodrigues garante que a medida é necessária para frear este crime.

Conclusão

O novo limite de estrangeiros para o futebol Brasileiro pode beneficiar o crescimento do esporte em nosso país.

Além disso, o esse novo limite abre novas oportunidades para atletas com grande potencial de crescimento se destacarem por aqui.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

error: O conteúdo está protegido.